PROCESSO DE ABERTURA DE UMA FARMÁCIA PASSO A PASSO

       Sabemos que o processo de como montar uma farmácia ou drogaria não é tão simples como a abertura de outro tipo de comércio qualquer, como uma loja de roupas ou de sapatos. Então, após muito estudo, pesquisa e contribuição de vários profissionais do ramo; e também após passar várias vezes por esta experiência de abertura de uma farmácia, e sendo proprietários atualmente, resolvemos montar esta assesoria e guia, apresentando pontos-chaves, esclarecendo dúvidas comuns para um novo empreendedor do ramo, e mostrando dicas bem claras e práticas, que irão facilitar seu caminho no processo de montagem de uma farmácia.



       Uma questão fundamental, que pode definir o sucesso ou o fracasso de um empreendimento, é a escolha do local para o funcionamento do negócio. Ainda mais quando se trata de montagem de uma farmácia ou drogaria.
É preciso encontrar um ponto estratégico, e para isso é necessário ser um ótimo observador, e gastar tempo analisando o local.
  
Sabemos que o empreendedor pode e deve “fazer” o ponto, ou seja, dar características ao seu comércio que convençam o público alvo a deixar de comprar no concorrente e passar a frequentar o seu comércio. Mas existem questões fundamentais quanto à escolha do local, que se não forem estudadas e consideradas, tornam difícil atrair o público alvo.

Nosso objetivo aqui, é “trazer à tona” questões importantes que precisam ser levadas em conta para uma boa análise se um local é promissor ou não.



kit completo como montar uma farmácia
Bairro X Centro

Para quem pretende montar uma farmácia ou drogaria no centro da cidade, será preciso levar em conta com mais seriedade e observar com cuidado a existência de concorrência.

Algumas questões importantes terão que ser avaliadas, tais como:

Qual a população da cidade?

Quantas drogarias já estão estabelecidas no centro?

O acesso dos bairros ao centro é fácil?

Existem grandes redes estabelecidas no centro?

 

Se a pretensão é montar uma farmácia no bairro, a atenção deve se voltar para a estrutura do
 
bairro, e o conhecimento do comércio local.

Já existe outra farmácia neste bairro?

Qual a população residente no local?

Qual o nível de vida da população?

Existem outros comércios por perto, como padaria, salão de beleza, lanchonete...?

Existe um ponto disponível para aluguel, nas condições necessárias para se estabelecer uma farmácia/drogaria?

A população tem costume de dar preferência ao comércio local?

O bairro possui posto de saúde, ou hospital?

Já houve drogaria no bairro e fechou? E qual o motivo por que fechou?
 

       A interpretação destes dados pode ser bastante relativa. Por exemplo, não significa que numa região central onde já exista uma grande rede, não seja possível abrir uma drogaria sem estar agregada a nenhuma rede. Existem cidades onde a população prefere comprar em drogarias menores, nas quais o atendimento é mais personalizado, e os clientes não precisem enfrentar uma fila para pagar seu medicamento. Porém, já existem cidades onde somente grandes redes dominam a região central.
Ou por exemplo, não significa que num bairro onde já exista uma outra drogaria não se possa abrir mais uma, e enfrentar a concorrência. Existem bairros muito populosos, e comportam duas ou mais drogarias. Neste caso, é preciso, claro, analisar cuidadosamente e cautelosamente as condições do bairro e do concorrente. Se já é uma drogaria muito antiga, estabelecida há muito tempo, se o estoque atende à demanda, se os preços são competitivos, entre outras coisas.
O que queremos enfatizar, é que cada questão deve ser analisada dentro do contexto da realidade do local que se esteja estudando.


ASSESSORIA  PASSO A PASSO:

       Lembramos que todo conteúdo desta assessoria e os passos a serem dados, foram amplamente fundamentados facilitando assim o processo de abertura do empreendedor. O que levaria dias e meses e as vezez até 1 ano, pode ser conquistado em um curto espaço de tempo seguindo passo a passo a nossa assessoria.
Mostramos aqui passo a passo, desde a escolha do local, o capital de investimento necessário, como deve ser a estrutura física, a escolha dos fornecedores, quais as leis e exigências de cada órgão de fiscalização, como se cadastrar no Programa Farmácia Popular, indicações de programas e softwares para estoque e vendas e todo o andamento das atividades da farmácia, além de ainda estarmos oferecendo um pacote com todos os POPs (Procedimento Operacional Padrão) que legalmente uma drogaria precisa ter, juntamente com um Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde e um Manual de Boas Práticas Farmacêuticas, de acordo com a RDC 44/2009.

Gostaríamos de ressaltar que o ramo de farmácia deve ser encarado não apenas como um “comércio” de medicamentos, mas sim, como uma verdadeira missão, de levar o paciente a usar o seu medicamento da forma correta, com ética e respeito pelas vidas que estão envolvidas.

       Lembramos Também, que os itens aqui abordados, com seus respectivos valores, não são um padrão. Pode haver alterações conforme o porte da empresa. São apenas valores sugestivos, para dar uma noção aos que pretendem entrar no ramo. Procure você mesmo apurar seus gastos reais, e calcular cada item, fazendo sua própria estimativa.

Resumindo: Quer sabe muito mais?... Adiquira todo conteúdo da assessoria passo a passo e todos os programas necessários para montar uma farmácia ou drogaria.
 
( Veja o link comprar pelo pagseguro )